Melhores vestidos do Oscar de todos os tempos?

Cada começo de ano traz a expectativa para saber quem sairá com a estatueta do Oscar nas mãos. Tão discutido quanto é o que as atrizes irão vestir.

HOLLYWOOD, CA - FEBRUARY 24: Actress Anne Hathaway arrives at the Oscars at Hollywood & Highland Center on February 24, 2013 in Hollywood, California. (Photo by Jason Merritt/Getty Images)
Anne Hathaway, Prada 2013.

A ideia rasa de falar sobre qual foi o melhor ou o pior vestido é tão vazia e pobre quanto o Prada que Anne Hathaway usou em 2013. Não por acaso, a premiação gera discussões tão ricas ao redor do mundo,  que provavelmente o evento seja o assunto mais comentado do ano.

Centenas de pessoas fizeram películas tão incríveis que milhões de outras pararam por 2 horas para prestigiá-las, e por vezes refletiram sobre o quanto suas vidas precisam de um pouco mais de uma ousadia Versace. Por ser a maior vitrine do ano, nada mais esperado do que as marcas usarem a oportunidade para divulgação de suas criações.

20th+Annual+Screen+Actors+Guild+Awards+-fTTdWWkZzSl
Cate Blanchett, Givenchy 2014.

As atrizes, neste contexto, acabam servindo de cabides milionários para idéias estranhas, um exemplo didático é Cate Blanchet usando Givenchy ou Gucci.  O Oscar merece looks minimalistas e enxutos Armani? Não! Esse é o momento do ano em que um pouco de exagero é permitido, desde que escolhidos pelos stylists certos – do contrário temos Jennifer Lopes fazendo piada com a cara do Elie Saab.

Julia Roberts, Valentino 2001.

Sempre que o assunto “Melhores vestidos do Oscar” aparece, o primeiro que me vem à cabeça é o Valentino que Julia Roberts usou em 2001… Logo depois eu lembro das poses que ela fez naquele dia e começo a ter vertigens e repensar meu gosto. Eis que descubro que existem 2 julgamentos a serem feitos na cerimônia: o vestido, e quem o veste.

Meus vestidos favoritos de todos os tempos são: o Dior branco de Jenifer Lawrence e o Gabriela Cadena rosa de Camila Alves em 2014. Porém nenhuma das duas sustentou tão bem os vestidos como eles mereciam.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Quando a atriz possui uma elegância natural, fica bem até de Gloria Coelho. Meus exemplos favoritos (e minhas Divas do red carpet) são Lupita Nyong’o e Charlize Theron. Como lidar com o sorriso e o domínio da roupa de Lupita no Oscar 2014 vestindo Prada? Isso mesmo. Prada! A mesma marca que já fez muita gente virar chacota mundial!

2014
Lupita Nyong’o, Prada 2014.

Quer melhor exemplo do que Kate Perry no Globo de Ouro desse ano? E que palavras usar para Charlize Theron de Dior Couture no Oscar 2013? Ela era a realeza do tapete vermelho: postura, elegância natural e uma sensação de que não fez o menor esforço. Ninguém supera; pelo menos não hoje em dia. Em 1953, daria uma briga boa com Audrey Hepburn de Givenchy.

2013
Charlize Theron, Dior Couture 2013.

O Oscar nos ensina que mesmo se você pagar as bordadeiras do Zuhair Murad para fazer um modelo exclusivo, nada é maior que sua sofisticação nata. Sou contra a moda acima do estilo. Afinal, não se joga uma roupa fora só porque mudou a estação. “Vista se mal e notarão seu vestido, vista se bem e notarão a mulher” – copiei esta frase da Chanel. Afinal, coisas boas não são para serem copiadas?

Não se compra elegância quando sua alma é cafona.

 

2 Comentários

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *